FANDOM


Humano.jpg

Humano

Os humanos formam o povo mais numeroso e dividido em Kodrath. São uma das poucas raças que se desenvolveu dos Ancestrais sem um Kilishi a moldá-los, e tavez por isso, possuem grande liberdade de escolha em suas trilhas moral e ética. Alguns dizem que são os verdadeiros filhos de Hakim, representando a neutralidade de sua criação; outros preferem afirmar que os humanos são obra de Iblor. De todo modo, a humanidade se encontra sempre entre o bem e o mal, a ordem e o caos.

Os humanos costumam ser considerados engenhosos e ativos - ou ambiciosos e impacientes. Tais características podem ser explicadas por sua expectativa de vida breve quando comparada a outras raças de Dunia. Além disso, como raça os humanos têm memória curta: seus laços são mais com família, com amigos e, quando muito, com reinos, sem qualquer senso de união entre os de sua espécie. Pequenas diferenças físicas ou mesmo geográficas costumam ser motivo de intriga, podendo até mesmo desencadear grandes guerras.

OrigemEditar

É provável que os Humanos, assim como os Elfos e os Anões, sejam originários de Iaur, mas é certo que já haviam Humanos habitando as areias ao norte de Kodrath quando os Pioneiros atravessaram o Mar Revolto e criaram seu primeiro povoamento. Entretanto, os grupos pouco ou nada têm em comum, e menos ainda passaram  comprtilhar através dos séculos.

RelaçõesEditar

Até mesmo por conta de sua baixa longevidade, raramente os Humanos carregam sentimentos de eras passadas com relação a outras raças. Assim, é comum Humanos circulando entre todo o continente, normalmente se misturando entre os demais. Na verdade, é mais bem fácil vê-los brigando entre si do que com outras raças.

EtniasEditar

Apesar de possuírem uma diversidade física e cultural muito maior que as demais raças, é possível dividir os humanos de Kodrath etnias, sobretudo em função de sua origem e região.

PioneirosEditar

Os auto-denominados Pioneiros são os humanos que primeiro fugiram de Iaur e se instalaram na região oeste de Kodrath, de lá espalhando-se em direção ao leste, formando o chamado Corredor de Reis. São descendentes de Oeganor e do grupo que escapou do Império Raksi na Fuga de Oeganor.

No começo, os pioneiros eram todos nômades, mas rapidamente desenvolveram a agricultura e a criação de animais, tal como fazim em Iaur, assim fixando moradia. Não se sabe ao certo qual foi o primeiro povoamento fixo fundado pelos pioneiros, mas sabe-se que Torres do Oeste e Quihow estão entre os mais antigos. Com as trocas entre os vilarejos e o crescimento do comércio, alguns povoamentos cresceram, surgindo os Estor (corruptela de Eskota Antor, "cidade fortificada" no Idioma Ancestral).

Com o tempo, novas Estor foram fundadas, em geral na forma de cidades-estado independentes, com grandes plantações ao redor. Outros povoamentos que surgiam nas proximidades uniam-se à cidade mais forte para contar com proteção contra salteadores, prestando vassalagem a seus líderes. Assim, surgiram os primeiros reinos, que não tardariam a guerrear entre si.

NômadesEditar

Ver artigo principal: Nômades

Os nômades, também chamados de "bárbaros", "primitivos", "não-civilizados" ou "selvagens", são povos que também descendem do grupo de Oeganor, mas que preferiram viver em harmonia com a natureza a estabelecerem povoamentos fixos, organizando-se em tribos que se movimentam conforme a necessidade de abrigo e comida. Em razão disso, sua população é bem menor se considerada aos humanos que vivem nas cidades. Continuam vivendo como seus antepassados viviam há milhares de anos, optando por residir nos climas mais rigorosos e nas terras mais inóspitas. A maior concentração de nômades se dá na Costa dos Selvagens e na Parede de Angkatan, ainda que seja possível vê-los vagando por todo o continente.

Em sua maioria, os nômades mantêm o Culto Ancestral, cultuando todas as divindades com o mesmo respeito e adoraçao. No entanto, é cada vez mais comum encontrar tribos nômades convertidas ao Penjelasanismo, principalmente devido à ação de clérigos viajantes. Aliado ao crescimento do penjelasanismo entre os nômades, está a perda de sua identidade e de suas raízes culturais, sendo hoje um povo em franca redução. Por isso mesmo, normalmente os nômades tendem a se isolar e evitar contato com forasteiros. Algumas tribos inclusive são bastante agressivas, especialmente as que habitam as montanhas de Parede de Angkatan.

NortenhosEditar

Ver artigo principal: Nortenhos

Os Nortenhos, ou "povos da areia", como são chamados pelos pioneiros, são humanos que vivem ao norte da Parede de Angkatan, no chamado Reino das Dunas. Possuem uma cultura peculiar, bastante diferente do restante de Kodrath, com religião e idiomas próprios.

Os nortenhos caracterizam-se por possuírem a pele acobreada e serem um pouco mais baixos que os sulistas, alcançando uma média de 1,65 metros. Por conta dessas características - e pela proximidade das regiões em que habitam - são comumente associados aos Anões da Cordilheira dos Tesouros, ainda que não haja qualquer parentesco entre eles.

Isolados, travaram pouco contato com os reinos dos pioneiros, sobretudo após a Guerra da Estrela dos Ventos, sendo pouco usual encontrar nortenhos o sul da Parede.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória