FANDOM


O Idioma Ancestral, ou Ikarta, era a língua falada pelos Ancestrais e pelas primeiras raças de Iaur. Foi sendo adaptada e caindo no esquecimento com o passar dos milênios, principalmente porque os Makhlur, ao desenvolverem seus filhos, ensinavam também palavras pra eles se comunicarem, diferenciando assim os idiomas. Hoje, é considerada uma língua morta, falada apenas por alguns estudiosos e historiadores.

OrigemEditar

De acordo com o Diário de Leiuhur (todo escrito no Idioma Ancestral), quando Aakan acordou os Ancestrais, precisava de uma forma para se comunicar com eles, pois a fala dos Kilishis estava além do poder de compreensão dos mortais. Criou, assim, o Ikarta, nomeando as coisas do universo e ensinando aos novos habitantes de Dunia.

A crição de novos idiomas e a perda da integração entre os Ancestrais teria sido uma das razões que learm à Revolta de Aakan, o que fez com que o Idioma Ancestral se tornasse ainda mais obsoleto. Hoje, o Ikarta é encontrado apenas em livros antigos ou em nomes de algumas cidades humanas.

LegadoEditar

A criação de diversos novos idiomas terminou por sepultar o Ikarta Clássico. No entanto, algumas raças mantiveram diversos aspectos do Idioma Acestral, especialmente os humanos, que falavam o Ikarta Vulgar (o Kiasa) e foram adaptando-o ao longo do tempo, resultando no Kidrasês, a Língua Comum de Kodrath.

Durante o Império Raksi, Keutir tentou reintroduzir o Ikarta Clássico em Iaur, com algumas modificações oriundas do idioma Raksi, criando o Igerarta, hoje conhecido como Idioma dos Monstros.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória