FANDOM


A Jiantunia (no Idioma Ancestral: "coração do mundo") era, de acordo com algumas canções e contos mitológicos, um gigantesco cristal que ficava localizado exatamente no centro de Dunia e de onde emanava a vontade de Jiwha e do Trimurth.

Consta que Jiwha, cheio de felicidade ao ver a obra de Hakim, criou os Kilishis para habitar a terra recém-criada. Para guiá-los, pôs o perfeito mapa da criação na forma de um cristal nas cores do universo, localizado no mítico centro de Tanahi. Esse cristal seria o coração do mundo, o guia espiritual para Kilishis e mortais no plano material.

AparênciaEditar

Segundo o Yulusblar, a Jiantunia era um cristal de três pontas, representando o próprio Trimurth na terra. Ao mesmo tempo, o cristal reluzia todas as cores do universo e nenhuma, toda a dimensão existente e todo o vazio.

DestruiçãoEditar

Quando Aakan revolta-se contra a criação, seu maior objetivo passa a ser tocar a Jiantunia para, assim, descortinar todo o mistério do universo. Enretanto, sua ação termina por destruir a ambos: Aakan torna-se uma força sem matéria, o Iblor, e a Jiantunia explode em milhares de pedaços em tal magnitude que divide as terras de Tanahi.

Controvérsias e interpretaçõesEditar

Muitos teólogos e estudiosos importantes consideram a Jiantunia apenas como uma metáfora: seria tão somente uma alegoria para a tentativa frustrada de Aakan em superar o Trimuth e se igualar a Jiwha. No entanto, outros estudiosos defendem a existência física da Jiantunia, acreditando ser ela a origem de minerais místicos e raros, como o oricalco, o mitril, o densinur, o adamantium e a leverrocha.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória